Curiosidades

Conheça os males das usinas termelétricas

By janeiro 24, 2018 No Comments

As usinas termelétricas são vistas como a principal forma de produção de eletricidade no mundo. São caracterizadas por instalações industriais, nas quais são produzidas energias por meio do calor gerado pelo processo da queima de combustíveis sólidos, líquidos e gasosos, por exemplo o carvão mineral, o gás natural e o petróleo.

O processo é sempre o mesmo. Independentemente da matéria utilizada, inicia-se com a transformação da água em vapor, resultante da queima de combustível aquecida na caldeira. O gerador é acionado pelas pás da turbina que são movimentadas pelo vapor. Depois dessas fases, a energia é conduzida para o transformador, onde então estará pronta para ser distribuída aos consumidores. Entender esse processo posiciona o indivíduo a uma reflexão intensiva sobre os riscos a que está sujeito e aos grandes impactos que essa atividade pode gerar.

Questiona-se a constante presença de poluentes na produção de energia termoelétrica, que emite uma grande quantidade de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera. Essa quantidade considerável altera a composição química do ar, ocasionando graves problemas respiratórios, como a bronquite e a asma, ao indivíduo que vive no ambiente urbano.

Usinas termelétricas ameaçam espécies marinhas com o descarte da água em temperatura acima do normal.

As fases realizadas na usina termelétrica exigem grande consumo de água, o que gera novas críticas a essa forma de produção de energia. A água é usada tanto para a produção de calor quanto para alimentar o sistema de refrigeração das turbinas.

Os impactos no ecossistema pelo aquecimento das águas ocorrem através do despejo de água em temperaturas mais elevadas do que as condições normais, o que interfere diretamente nos ambientes de destino – rios, mares e lagos – a exemplo do ciclo de reprodução de algumas espécies, reduzindo seu tempo de vida; da respiração de peixes e outros animais aquáticos; do aceleramento no desenvolvimento de bactérias e fungos, principais causadores de doenças em peixes.

A geração de energia elétrica por esse processo incentiva o aquecimento global por meio do efeito estufa, fenômeno que funciona como uma cortina de gás capaz de reter calor permitindo a entrada da luz solar, mas impede sua saída. O aumento da temperatura, além de outras ações humanas, é ocasionado principalmente pela queima de combustíveis fósseis.

O desenvolvimento de energia realizado nas usinas termelétricas contribui para a produção de chuvas ácidas, óxidos presentes na atmosfera que ao entrarem em contato com o vapor de água formam substâncias ácidas, convertendo-se em forma de chuva. Esse fenômeno gera inúmeros malefícios à saúde humana, causa problemas pulmonares e cardiovasculares, e afetam expressivamente as obras e construções, interferindo negativamente no solo e nas vegetações.

Por serem quase sempre fontes de energia não renovável, existe a preocupação relacionada à disponibilidade futura desses recursos, pois tais fontes são de quantidade limitada e extinguem-se com a sua utilização. A exemplo do carvão, do petróleo e do gás natural usado no processo de geração de energia, são fontes que exigem tempo para serem repostas, o que indica índices de sua inexistência posterior.

Uma boa alternativa é o uso de produção de energia com recursos renováveis. As energias solares, por exemplo, não geram poluição no seu processo, e são consideradas uma forma limpa de produção, com baixo custo de manutenção, e não exigem grande espaço para a instalação.

Você já conhecia os impactos negativos das usinas termelétricas? Deixe seu comentário e continue acompanhando nossas publicações.

Leave a Reply